Key Message Update

Insecurity is leading to an accelerated increase in internal displacement

Maio 2019

Maio 2019

Resultats de la securite alimentaire estimes de fevrier a mai 2019 est Minimal (Phase 1 de l'IPC)

Junho - Setembro 2019

Resultats de la securite alimentaire estimes de juin a septembre 2019 est Stress (Phase 2 de l'IPC)

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Poderia ser pior sem a assistência humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

Países com presença:
1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Países sem presença:
1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

As mensagens-chave

  • Following the accelerated deterioration of the security situation, there are now 161,217 internally displaced persons (OCHA/CONASUR, 6 May 2019) in Burkina Faso, twice as many as at the beginning of the year. These displacements occurred mainly in the Sahel and North Central regions, where armed groups have increased their abuses against civilians with an average of more than 30 incidents per month. In Soum and northern Sanmatenga provinces, displaced persons represent about 19 percent of the population, and who are dependent on humanitarian assistance, which has covered 32 percent of their population in the past two months. Households in these areas (IDPs and hosts) are in Stressed! (IPC Phase 2!) and without this assistance, they will be in Crisis (IPC Phase 3). However, their numbers are not enough to change the area phase classification.

  • In the far north of the country, local markets are no longer regularly supplied from the country's usual areas because despite changing their routes, transporters are often blocked in Dori, waiting for the axes to be secured. Nevertheless, prices of basic foodstuffs remain similar or below the five-year average, partly favored by humanitarian assistance in areas with a high presence of IDPs, and due to the higher production over the past season in areas where households have access to their stocks. In the central livestock markets of Dori and Djibo, which are functioning quite well, the terms of trade between goats and millet have improved by 25 percent in Djibo but have deteriorated by 19 percent in Dori compared to the five-year average.

  • In addition to forced displacement, repeated threats from armed groups prevent households from their usual livelihoods and income-generating activities such as gold panning, livestock trading and petty trade. Similarly, humanitarian actors have increasingly limited access to areas with a high presence of IDPs, which could hinder the implementation of actions planned for the lean season in the coming months. 

About FEWS NET

A Rede de Sistemas de AlertaPrecoce de Fome é líder na provisão de alertas precoces e análises relativas à insegurança alimentar. Estabelecida em 1985 com o fim de auxiliar os responsáveis pela tomada de decisões a elaborar planos para crises humanitárias, a FEWS NET provê análises baseadas em evidências em cerca de 35 países. Entre os membros implementadores refere-se a NASA , NOAA, USDA e o USGS, assim como a Chemonics International Inc. e a Kimetrica. Leia mais sobre o nosso trabalho.

  • USAID Logo
  • USGS Logo
  • USDA Logo
  • NASA Logo
  • NOAA Logo
  • Kilometra Logo
  • Chemonics Logo