Key Message Update

The 2019/20 rainy season is expected to be normal

Maio 2019

Maio 2019

Carte des Résultats estimés les plus probables de la sécurité alimentaire, février à mai 2019: La plupart de la region est en Minimal (Phase 1 de l'IPC), Stresse (Phase 2 de l'IPC) en endoits de Mali, Niger, Nigeria; Crise (Phase 3 de l'IPC) en Cameroun,

Junho - Setembro 2019

Carte des Résultats estimés les plus probables de la sécurité alimentaire, février à mai 2019: La plupart de la region est en Minimal (Phase 1 de l'IPC), Stresse (Phase 2 de l'IPC) en endoits de Mali, Niger, Nigeria; Stress (Phase 2!) en endoits de Mali e

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

Países com presença:
1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Países sem presença:
1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
Concentração de pessoas deslocadas – desloque o cursor sobre os mapas para ver classificações de fases de segurança alimentar para acampamentos na Nigéria.
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceiros nacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Poderia ser pior sem a assistência humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

Países com presença:
1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Países sem presença:
1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
Concentração de pessoas deslocadas – desloque o cursor sobre os mapas para ver classificações de fases de segurança alimentar para acampamentos na Nigéria.
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceiros nacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

As mensagens-chave

  • The 2019 rainfall forecasts prepared in April by CILSS and ACMAD in collaboration with regional countries indicate that seasonal totals will likely be higher than average over western Niger, central Mali, most of northern Burkina Faso, northern Togo, northern Benin, northeastern Ghana, northwest Nigeria and southern Chad. However, they may be normal to lower on the coastal zone of the Gulf of Guinea countries, with the Atlantic seaboard extending from Mauritania to Liberia and around Lake Chad.

  • Agricultural land preparation is ongoing as usual in Sudano-Sahelian areas. The pastoral lean season is normal, except in parts of Mauritania, Senegal and in the northern part of the pastoral zone in Mali where pastures depleted early due to low production. In the Liptako-Gourma region and the greater Lake Chad basin, civil insecurity continues to have a negative impact on livestock movements.

  • Markets remain well supplied with staple foods while demand remains seasonally low to medium. Thus, prices are lower than last year but slightly higher or lower than average. However, they remain atypically high in conflict areas and in the Tibesti region of Chad. Livestock markets remain affected by insecurity and limited export opportunities to Nigeria. Markets will remain well supplied until September with prices slightly above average from May (Ramadan), but will remain atypically high in conflict areas. 

  • Most of the region will remain in Minimal (IPC Phase 1) until September 2019. However, Stressed (IPC Phase 2) levels of food insecurity will affect poor households in southern Chad, the Tahoua region, south of Tillabéry in Niger, rice growing areas in the Niger Delta and the Timbuktu River Valley in Gao between June and September due to poor harvests in 2018/19. Stressed! (IPC Phase 2!) affects host households and internally displaced households in northern Burkina Faso, poor households in southern Mopti and Gao in Mali and the Diffa region of Niger due to low incomes, caused in part by insecurity that disrupts markets in addition to the early exhaustion of household stocks in some areas.

  • Crisis (IPC Phase 3) will continue to affect the Tibesti (which has had its border closed with Libya) and Lake Chad regions, the Tillabéry region in Niger, CAR and Cameroon until September due to armed conflicts and/or civil insecurity that significantly disrupt household livelihoods. Households in northeastern Nigeria affected by the Boko Haram conflict continue to depend on humanitarian aid for access to food and remain food insecure. Crisis (IPC Phase 3), and Emergency (IPC Phase 4) particularly in Borno State and incidentally Yobé State. In adjacent areas that remain inaccessible to humanitarian actors, the food security situation could be similar or worse.

About FEWS NET

A Rede de Sistemas de AlertaPrecoce de Fome é líder na provisão de alertas precoces e análises relativas à insegurança alimentar. Estabelecida em 1985 com o fim de auxiliar os responsáveis pela tomada de decisões a elaborar planos para crises humanitárias, a FEWS NET provê análises baseadas em evidências em cerca de 35 países. Entre os membros implementadores refere-se a NASA , NOAA, USDA e o USGS, assim como a Chemonics International Inc. e a Kimetrica. Leia mais sobre o nosso trabalho.

  • USAID Logo
  • USGS Logo
  • USDA Logo
  • NASA Logo
  • NOAA Logo
  • Kilometra Logo
  • Chemonics Logo